30 de maio de 2017

[Resenha/Anime] Boku dake ga Inai Machi



こんにちは!
Konnichiwa!

Olá pessoas! Cá estou eu com mais uma resenha de anime pra vocês! Esse anime foi um grata surpresa pra mim. Comecei a assistir meio que acidentalmente e me surpreendi (e muito!) com a trama. Claro que não podia deixar de trazer essa análise pra vocês, né? Lembrando que essa resenha, assim como as outras é SEM SPOILERS! Então, vamos ao post? 


                                                                              Sinopse

A história da obra segue Satoru, um artista de manga que luta contra a capacidade de voltar atrás no tempo e evitar mortes. Quando a sua própria mãe é morta, ele opta por viajar para o passado para resolver o mistério, porém acaba regressando à sua escola primária, pouco tempo antes do desaparecimento da sua colega de turma, Kayo.

Gênero:Psicológico, Seinen, Sobrenatural
Ano: 2016
Autor: Kei Sanbe
Direção: Tomohiko Ito
Estúdio: A-1 Pictures
Nº de episódios: 12
Publicação no Brasil: Ainda não há lançamento oficial. 

Classificação:    


Boku dake ga Inai Machi (A Cidade Onde Só Eu Não Existo, em português), é um anime produzido pelo estúdio A-1 Pictures que conta com 12 episódios. O anime, também conhecido como ERASED, foi um lançamento de 2016 e se destacou na temporada devido a sua trama repleta de mistérios. Foi baseado em um mangá de mesmo nome escrito por Kei Sanbe

O anime nos apresenta Satoru Fujinuma, um homem de 29 anos que aparentemente leva uma vida solitária e sobrevive com o que ganha trabalhando em uma pizzaria. Satoru sempre sonhou em ser mangaká, mas logo no primeiro episódio já vemos que este não foi um objetivo realizado em sua vida e isso o fez se tornar um adulto pouco interessado no mundo ao seu redor, mais atento a seus próprios pensamentos e frustrações. Contudo, Satoru esconde um segredo, ou melhor, uma misteriosa habilidade. 

Ele pode voltar no tempo. No início, percebemos que ele não sabe muito bem de onde vem este poder (que ele nomeia de Revival), mas Satoru revela que ele sempre volta no tempo quando precisa evitar alguma tragédia ou acidente. Nos primeiros minutos de episódio já vemos algumas demonstrações do Revival, onde Satoru consegue salva uma criança de um acidente fatal. 

Contudo, ele parece não estar preocupado em entender esse fenômeno e também nunca demonstrou estar interessado em suas próprias habilidades. Isso até ele encontrar sua mãe assassinada em seu apartamento. Apavorado com a situação, Satoru é visto por uma vizinha com sangue nas mãos e logo é dado como o principal suspeito do assassinato. 

Desesperado com o rumo dos acontecimentos, Satoru foge do local do crime e no instante seguinte consegue voltar no tempo, com o intuito de evitar a morte da sua mãe. Entretanto, o que ele não esperava é que voltaria para o ano de 1988, época em que Kayo uma colega da escola, é vítima de um crime que nunca foi resolvido. 

Satoru decide então  impedir a misteriosa morte de Kayo e ao mesmo tempo descobrir a identidade do assassino de sua mãe.



Satoru é um protagonista bem difícil de se compreender no início, mas que logo se mostra alguém muito determinado, disposto a ir ao extremo para mudar o futuro. Sua determinação para tentar evitar que Kayo fosse sequestrada (e posteriormente assassinada) é um dos pontos que mais gostei no anime, que tem todo um clima sombrio e misterioso. Adoro esse clima de mistérios e crimes não resolvidos. 

A ideia de voltar no tempo e tentar refazer esse passado sombrio da infância de Satoru também foi um dos pontos positivos do anime e me lembrou muito a premissa do filme "Efeito Borboleta". 

Outro ponto que eu gostaria muito de ressaltar são os personagens coadjuvantes, desde a mãe do Satoru até seus colegas de escola. Todos tem personalidades bem desenvolvidas e de certa forma se mostram essenciais para montar o futuro cada vez mais incerto que Satoru tenta moldar. 

O final é diferente do que eu imaginava e me surpreendeu, mas alguns momentos da trama nós já conseguimos prever. Infelizmente, ao que parece, a história já foi finalizada, mas um mangá spin-off foi lançado e é claro que já vou ler. 

Boku dake ga Inai Machi é um anime que vale a pena ser assistido, principalmente se você gosta dessa premissa de viagem no tempo e suspenses policiais. Valores como amizade, determinação e gratidão são bem desenvolvidos na história, da mesma forma que os falsos julgamentos, violência contra a criança e até o bullying são as bases para desenvolvimento do enredo. 



Essa história é baseada no mangá de Kei Sanbe e, além de adaptada em anime, teve um filme live-action lançado também em 2016, em decorrência do sucesso do anime. Outra curiosidade bem legal é que ERASED será posteriormente uma série produzida pela Netflix! Pelo que eu pesquisei a produção será feita no Japão (graças a Deus) e alguns nomes para o elenco já foram revelados! Fiquei muito feliz com as escolhas! Alguns atores eu já conheço e admiro muito! 



Da esquerda para direita: 

Reo Uchikawa como Satoru (criança)
Mio Yūki como Airi Katagiri
Rinka Kakihara como Kayo  (criança)
Shigeyuki Totsugi como Gaku Yashiro
Yūki Furukawa como Satoru (adulto)
Tomoka Kurotani como Sachiko (mãe)
Noriko Eguchi como Akemi Hinazuki
Jin Shirasu como Kenya (adulto)
Hidekazu Mishima como Sawada



De qualquer forma com certeza vou assistir e assim que mais detalhes forem revelados sobre essa produção postarei aqui no Nebulosa para mante-los informados! 

Espero que tenham gostado! 

Beijos e até a próxima postagem!

13 comentários:

  1. O anime é uma graça, gostei muito de conhecer o anime, pra quem está acompanhando deve estar gostando muito. Que bom que vai ter em série também, vai ser bastante interessante a série, bjs.

    ResponderExcluir
  2. Nossa gostei, sinceramente os animes estão tomando um gosto muito grande das pessoas. Meus irmãos mesmo caíram nessa graça rs. Gostei do resenha é uma história bem interessante, só pelo título já me pareceu ser daquelas de prender a concentração da gente por horas. Legal que terá em série, é bom pra quem não gosta de ler rs.

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu não conhecia o anime, adorei a sinopse e mais ainda a resenha! Achei super bacana o fato dele voltar no tempo sempre quando é necessário e não apenas quando quer, muito triste ele perder a mãe, mas adorei o fato dele voltar no tempo para tentar impedir isso.
    Que bacana o anime ganhar uma série, imagino que vai ser incrível! Infelizmente não conheço os atores, mas estou bem ansiosa.
    Dica super anotada.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Seu blog é um amorzinho. Amo cultura japonesa e estou procurando animes para ver. Não creio que já existe um live-action de Boku Dake Ga Inai Machi. A história é empolgante e confesso que também não entendi muito bem o Satoru de início. Gosto de animes com esse clima e tema de mistério, dá vontade de assistir mais.

    ResponderExcluir
  5. ooi flor adorei seu blog rs
    eu amo anime eu me meu namorado e essa historia me envolveu bastante tambem vai para minha lista

    ResponderExcluir
  6. Gente! Que história. É engraçado porque nunca imagino que animes podem ter uma premissa TÃO interessante. Adoro coisas com viagens no tempo. Adorei a ideia de Satoru não conseguir escolher bem quando voltar no tempo e acabar indo ajudar sua colega de classe que foi assassinada. Que bacana que a Netflix vai produzir :O vou assistir com certeza! Amei o post <3

    ResponderExcluir
  7. Olá! :)
    Actualmente não tenho o hábito de ver este género de animação, mas a tua publicação faz-me recuar no tempo, a uma época em que passavam algumas séries na tv portuguesa e todos ficavam amarrados na tv e seguiam todos os episódios e ainda comentavam depois sobre as personagens, no dia-a-dia. Era viciante! :D

    http://magarosa3.blogspot.pt/
    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Tenho pouco conhecimento neste universo de animes, mas todos que assisti foram uma grata surpresa para mim e me fizeram gostar bastante deste mundo. Ainda não tinha visto esse anime, mas já fiquei bem curiosa para saber mais sobre ele, pois parece ser uma história muito bem construída e embasada, com toda certeza vale muito a pena. Fiquei curiosa pela série que vai ser produzida pela Netflix, já quero!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. ola como está , os animes estão tomando o gosto , principalmente da garotada, a historia e´ muito interessante e a sinopse muito bam escrita. bjsss sucesso

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Gostei muito do seu estilo de escrita, objetivo, mas sem deixar de passar nenhum detalhe! Até me fez decidir por procurar esse anime Internet a fora! Hehe
    😘

    ResponderExcluir
  11. Que linda história adorei a trama. Eu conheço cada elenco que eles fazem muitas séries e romances. Eu assisto muitos com eles, eu os adoro todos eles... Amei a sua abordagem no assunto, tão claro e verdadeiro, essa história Satoru Fujinuma na vida real tem muitos como ele solitário e praticamente morando como ele, bjs.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Nossa parece ser bem legal, infelizmente eu não tenho muita experiencia em leituras desse gênero, mas sempre fico contente por sugestões assim, que podem me tirar da zona de conforto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Interessante o anime vou procura para assistir nas ferias excelente resenha amei principalmente porque é de animes!
    Beijos amei o blog.

    ResponderExcluir